Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Publicado em 13/07/2020

Jornal D’Oeste completa 79 anos de veiculação da sua primeira edição



O Jornal D'Oeste, que circulou durante 41 anos na cidade de Santa Bárbara d'Oeste, completa 79 anos em que a sua primeira edição entrou em circulação, neste mês de julho. A equipe do Centro de Documentação Histórica - CEDOC da Fundação Romi fez um levantamento de fontes sobre o periódico, e disponibiliza para pesquisa na área temática do site www.fundacaoromi.org.br/cedoc.

No final da década de 1940, Zeno Domingues Maia propôs a Manoel Teixeira a fundação de um semanário no município de Santa Bárbara d’Oeste no mesmo período em que o Jornal Cidade de Santa Bárbara encerrava as atividades. Após três meses começou a circular um dos principais jornais barbarenses daquele período. A primeira edição do Jornal D’Oeste foi publicada no dia 17 de julho de 1949, tendo como proprietários Américo Emílio Romi, Domingos Finamore, Zeno Domingues Maia e com a supervisão do diretor José de Assis Saes.

Segundo o enunciado da primeira edição, o jornal era publicado uma vez por semana geralmente aos domingos: “Semanário dedicado aos interesses do município”, e era impresso na Gráfica Barbarense localizada à rua Floriano Peixoto, nº305.

Antes da inauguração do Jornal D’Oeste, o município de Santa Bárbara d’Oeste ficou durante seis meses sem nenhum representante da imprensa jornalística. “Veiu á luz da publicidade no dia 17 de julho de 1949. Havia seis meses, então, a cidade não tinha um único órgão de imprensa que informasse, que orientasse, que guiasse, que instruísse e defendesse a sua população dinâmica e progressista.”

As primeiras publicações do jornal, contendo quatro páginas, foram realizadas e os responsáveis pela redação foram Manoel Texeira e o professor Eduardo Silva. “Com o passar dos anos surgiram outros redatores como: Francisco Pinhanelli Neto, José Naidelice, Naor Azanha, Domingos Pinhanelli Sobrinho, Celso Luiz Gagliardo entre outros”, conta a coordenadora do CEDOC da Fundação Romi Sandra Edilene de Souza Barboza. “Após 41 anos foi encerrada a circulação do Jornal D’Oeste com a sua última publicação no dia 24 de fevereiro de 1990. Foram 3.625 edições publicadas ao longo de sua história”, finaliza Sandra.

A pesquisa completa preparada pela equipe do CEDOC com fotografias, jornais está disponibilizada no site do CEDOC da Fundação Romi no endereço:
https://fundacaoromi.org.br/fundacao/index.php?pag=padrao&op=cedoc&id=3521&op2=not&cat=pesquisa-tematica

Receba nossas novidades

19 3499.1555

Av. João Ometo, 200, Jd. Panambi - Santa Bárbara d'Oeste, SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por