Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Publicado em 18/09/2020

20 anos do Centro Cultural e Biblioteca Dr. José Assad Sallun – Prof. Léo Sallum



A equipe do Centro de Documentação Histórica - CEDOC da Fundação Romi traz uma pesquisa temática. Desta vez é um levantamento de fontes sobre a história do Centro Cultural e Biblioteca Dr. José Assad Sallun – Prof. Léo Sallum que completa 20 anos dia 21 de setembro.

A pesquisa foi elaborada pelos assistentes de documentação do CEDOC André Villani e Fernado Falcetti que relatam que a cidade de Santa Bárbara d’Oeste, a partir da segunda metade do século XX teve um crescimento populacional devido a uma corrente migratória de vários Estados brasileiros, o que deu origem a muitos bairros na Zona Leste. “Com o crescimento dessa região aumentou também o número de estudantes, e surgiu a necessidade da criação de um centro cultural e de uma biblioteca para atender aos jovens e toda a comunidade. Em março de 1999 tiveram início as obras e em 21 de setembro de 2000 foi inaugurado o Centro Cultural e Biblioteca Dr. José Assad Sallun – Prof. Léo Sallum”, explica a coordenadora do CEDOC da Fundação Romi Sandra Edilene de Souza Barboza.

Toda a construção do centro cultural e biblioteca estiveram a cargo dos funcionários municipais, desde a fundação, terraplenagem até os detalhes finais, totalizando 18 meses. O centro cultural e biblioteca foi projetado com 765,96 metros quadrados de construção com dois pavimentos. A parte inferior do prédio foi planejada para funcionar a biblioteca municipal com salas para leitura, pesquisa, estudos e acervo. O piso superior foi preparado para ser um espaço de cursos, exposições, teatro e eventos culturais. O fundo do prédio foi projetado para leitura ao ar livre, com dois quiosques. Na frente do edifício foi construída uma praça com espelhos d'Água.

Uma curiosidade é que em 1999, o governo federal solicitou aos municípios brasileiros que denominassem alguma obra que fosse inaugurada no ano 2000, fazendo uma referência aos 500 anos do Brasil. Poderia ser uma praça, um prédio público entre outras. Sendo assim, o município de Santa Bárbara d'Oeste decidiu denominar de “Praça Brasil 500 Anos”, a praça localizada em frente ao Centro Cultural e Biblioteca Dr. José Assad Sallun – Prof. Léo Sallum. A Praça Brasil 500 Anos foi projetada pelo arquiteto Paulo Rogério Passos Cham. Na época da inauguração contava com um passeio, bancos, iluminação e espelhos d'água com bicos de fonte luminosa e uma escultura de uma “Nau” feita em chapa de aço sobre uma estrutura de concreto em forma de livro construída pelo artista plástico barbarense Antônio Alfonso.

A pesquisa histórica completa com reproduções de jornais da época, além de uma biografia do Professor Léo Sallum o pode ser visualizadas no site do CEDOC. Acesse o conteúdo: https://fundacaoromi.org.br/fundacao/index.php?pag=padrao&op=cedoc&id=3603&op2=not&cat=pesquisa-tematica


Receba nossas novidades

19 3499.1555

Av. João Ometo, 200, Jd. Panambi - Santa Bárbara d'Oeste, SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por