Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Publicado em 08/06/2020

Resultado do trabalho feito em Artes por alunos do Núcleo de Educação Integrada vira exposição virtual



Há muitas maneiras de ser e de se reconhecer, e uma delas é através da arte. O trabalho sobre identidade que está sendo desenvolvido pelos alunos nas aulas de Artes, do Núcleo de Educação Integrada da Fundação Romi, buscou a inspiração em grandes retratos da história. As crianças da Educação Infantil e Ensino Fundamental I, assim como suas famílias, foram convidadas a pesquisarem essas obras e reproduzi-las.

As turmas de 6º e 7º também realizaram esse exercício e para isso, partiram da inquietação: “se neste período não podemos ver a arte de perto, que tal nos transformarmos em arte?“, dando continuidade ao projeto: "Diferenças e contextos: o respeito à dignidade humana".

O resultado não poderia ser mais encantador, cada qual com sua singularidade e poesia, comprovando que de fato a vida imita a arte. “O material é muito rico, e acreditamos que é importante compartilhar, não somente com as famílias, mas também com a comunidade. Com isso, foi criada uma galeria de fotos, uma exposição virtual, em nosso site para que todos possam ver e apreciar os trabalhos, com a participação especial das famílias”, fala a diretora do NEI da Fundação Romi Ericka Vitta.

O trabalho com o tema "Construção da minha identidade poética" nas propostas de Artes para Educação Infantil e Fundamental I tem sido enriquecedor, uma vez que cada criança traz muito de sua personalidade e características em cada nova atividade. “Um dos desafios na Educação à Distância é manter a criatividade sempre motivada, e para isso mergulhamos em recursos tecnológicos que pudessem ajudar e inspirar as crianças. Uma delas foi a visita virtual à Pinacoteca do Estado de São Paulo, onde tiveram contato com obras importantes da história da arte brasileira. Grande parte do acervo consiste em retratos, e a partir dessa observação as famílias foram convidadas a investigar famosas pinturas para realizar uma releitura em fotografia. O resultado foi muito além do esperado e percebemos a sensibilidade na reprodução de cada foto, mostrando mais uma vez o quanto a arte nos une e traz significado à vida”, enfatiza a professora de Artes do NEI da Fundação Romi Gabriela Pyles.

Os alunos, através de suas experimentações e vivências abrem caminho para o desenvolvimento da criatividade, além de fomentar a cultura. “Estamos trabalhando identidade, e além de construir esse entendimento de quem somos de forma artística, identidade remete ao que gostamos, apreciamos e nos identificamos. Após a visita virtual no museu, trouxemos a proposta de releitura buscando referência em retratos da história da arte. É um processo que inclui a apreciação das obras, uma escolha com a qual mais me identifico, com aquilo que quero representar, e o fazer artístico englobando a uma gama de concepções”, explica o educador do Núcleo de Educação Integrada da Fundação Romi Gabriel Ferreira.

A mudança do paradigma do aprendizado e da relação entre o aluno e o professor, onde o aluno passa então a ser o protagonista na construção do conhecimento traz uma aprendizagem com identidade e significado. “Diante do Isolamento Social, busco realizar propostas que os alunos possam executar com as opções que tem em casa”, comenta a professora de Artes dos 6ºs e 7ºs anos Fernanda Cia. “Com nosso tema gerador 'Diferenças e contextos: o respeito à dignidade humana', lancei o desafio para que realizassem releituras, visando as diferenças que há nas artes. Eles pesquisaram, com base na História da Arte, e escolheram a obra que mais se identificaram, já que eles iriam compor as obras. Eles se transformaram em Arte, e tiveram que pensar no todo: quais elementos, o que compõe a cena, a reprodução em casa, os detalhes, reprodução para recriara cena. Fiquei muito feliz, pois o resultado ficou muito bom. E agora compartilhamos com todos, através da exposição online”, afirma Fernanda.

Serviço - Confira a exposição virtual com as releituras dos alunos da Educação Infantil, Fundamental I e 6ºs e 7ºs anos: http://fundacaoromi.org.br/fundacao/fundacao-romi/galeria/fotos



Receba nossas novidades

19 3499.1555

Av. Monte Castelo, 1095, Jd. Primavera - Santa Bárbara d'Oeste, SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por