Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Publicado em 11/12/2020

Inaugurada em 14 de dezembro de 2007, Estação Cultural da Fundação Romi completa 13 anos de atividades



14 de dezembro de 2007. Esta é a data em que a Estação Cultural da Fundação Romi foi inaugurada e iniciou suas atividades, voltadas para cultura e educação, a toda comunidade de Santa Bárbara d’Oeste e região. Resultado da revitalização da antiga estação ferroviária de Santa Bárbara d'Oeste pela Fundação Romi, a Estação Cultural é um lugar de encontros plurais e multiculturais onde a comunidade pode aprimorar a sua percepção acerca da cultura local e regional, divulgar valores, trocar vivências, adquirir conhecimentos, experimentar emoções, elaborar pensamentos, tomar iniciativas e ajudar a constituir a identidade cultural da cidade e região.

Ao longo de seus 13 anos a Estação Cultural da Fundação Romi recebeu muitas atrações musicais, teatrais, literárias, expressivas e expositivas. Ofertou oficinas, palestras, encontros e feiras. Promoveu o intercâmbio de uma série de artistas locais com os mais diversos atores de regiões de todo o Brasil. “Há 13 anos a Estação Cultural tornou-se um ambiente de conhecimento e troca de experiências. A sua essência é forte na disposição para compartilhar práticas culturais, sobretudo, para contribuir com a sociedade. Conhece e promove esse amplo universo da Cultura, quer seja de entretenimento, de formação, de valorização, de propagação, de proteção ou de fomento. A cultura da Estação é algo que une todos, devido ao incontável número de atividades ofertadas e mais 220 mil pessoas atendidas”, afirma o superintendente da Fundação Romi Vainer Penatti.

Em 2019 o espaço passou por uma nova revitalização geral após 12 anos da sua inauguração, com a manutenção e pintura de todo o complexo cultural e o reaparelhamento e modernização do Memorial da Ferrovia, permitindo que seus visitantes conheçam a história e importância daquele local para o desenvolvimento sócio econômico da cidade. “Nosso Memorial da Ferrovia já recebeu milhares de visitantes. É uma viagem ao tempo para conhecer a história da ferrovia”, fala o superintendente.

Mesmo com o novo momento, perante à pandemia da Convid-19, em 2020 a Estação Cultural da Fundação Romi teve suas atividades presenciais suspensas. Mas, foram adaptadas as ações para o formato on-line. “Realizamos oficinas culturais, LIVES, contação de história voltadas ao folclore e lendas locais. Nosso projeto Ninho Musical continuou com aulas virtuais. Seguimos nossa missão em promover o desenvolvimento social e humano através de educação e cultura, adaptados para o mundo virtual, e conseguimos atender nosso público”, explica Vainer Penatti.

Para comemorar os 13 anos da Estação Cultural da Fundação Romi, o espaço recebe a exposição “Trilhos e Trilhas”, uma mostra fotográfica que compara a perspectiva ontem-hoje daquela edificação – a Estação Ferroviária de Santa Bárbara d'Oeste, hoje, Estação Cultural – e de seu entorno. A exposição foi produzida com a participação de entusiastas da fotografia, em 2017, resultado do projeto “Trilhos e Trilhas”. A mostra é formada de fotos de época sobrepostas às fotos atuais, compondo um cenário que ilustra a evolução urbanística do espaço, e pode ser visitada durante o mês de dezembro.

Receba nossas novidades

19 3455.4830

Av. Tiradentes, 2 - Centro - Santa Bárbara d'Oeste - SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por