Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Publicado em 30/07/2021

Cedoc da Fundação Romi inicia execução de mais um projeto através da Lei de Incentivo à Cultura



O Centro de Documentação Histórica - CEDOC da Fundação Romi está executando, desde junho de 2021, o projeto “Preservação dos desenhos técnicos do CEDOC da Fundação Romi”, é apresentado pelo Ministério do Turismo, por meio da Secretaria Especial da Cultura, e com o patrocínio da Indústrias Romi, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. A proposta, que será realizada até dezembro de 2022, irá preservar e difundir o acesso a esses documentos históricos pertencentes ao acervo da instituição que corroboram para a identidade e memória de Santa Bárbara d’Oeste como cidade pioneira na fabricação do Romi-Isetta, o primeiro carro de passeio nacional.

Durante a execução desse projeto serão realizadas atividade de processamento técnico documental, oficina de preservação de desenhos técnicos, exposição itinerante e palestras. “Os desenhos técnicos somam aproximadamente 1.500 unidades e para que sejam preservados é necessário que passem pelo processamento técnico. Através do Sistema de Gestão do Acervo, também considerado como o livro de tombo do CEDOC, cada documento passará a ter o seu registro. Após, serão digitalizados com o objetivo preservar o original do manuseio, criando uma matriz digital para o acesso aos conteúdos. Em seguida, cada documento será catalogado e estará disponível para pesquisa. A higienização e o acondicionamento serão as últimas etapas desse trabalho” explica a coordenadora do CEDOC da Fundação Romi Sandra Edilene de Souza Barboza.

Através da execução do projeto o CEDOC da Fundação Romi resgata essa história, que é fundamental para a preservação da memória do município como o pioneiro da indústria automobilista brasileira, por meio do processamento técnico dos documentos e disponibilização do material histórico a toda comunidade. “Contribuímos com desenvolvimento da sociedade, ajudando a refletir sobre a sua história, o seu patrimônio cultural, trazendo referências históricas a respeito da produção do primeiro carro nacional, onde há mais de 60 anos centenas de barbarenses trabalharam para que acontecesse”, finaliza a coordenadora Sandra.

Nos próximos meses a equipe técnica do Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi estará empenhada para disponibilizar a população esse material histórico, repleto de detalhes a respeito de como eram fabricados os carros Romi-Isetta.

O endereço da banco de dados do CEDOC é cdoc.fundacaoromi.org.br. A consulta é gratuita, sem necessidade de cadastro, com a possibilidade de download do material.

Receba nossas novidades

19 3499.1558

Av. João Ometo, 200, Jd. Panambi - Santa Bárbara d'Oeste, SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por