Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Ano para agradecer




Mesmo perante a todas adversidades e adaptações que o ano de 2020 trouxe, a Fundação Romi seguiu seu trabalho em prol do desenvolvimento social e humano através da educação cultura. Suas três áreas, Centro de Documentação Histórica – CEDOC, Estação e Cultural e Núcleo de Educação Integrada- NEI , foram convidadas a se reinventar perante a pandemia da Covid-19. A web foi a grande aliada desse ano, e muitas das ações, até então presencial, foram adaptadas para o on-line.

O NEI da Fundação Romi retornou suas atividades escolares no final de janeiro de 2020, com mais de 700 alunos. Perante a pandemia do novo Coronavírus, as Secretarias de Educação e da Saúde e o Governador do Estado de São Paulo fizeram um pronunciamento no dia 13 de março, indicando a suspensão gradativa das atividades escolares a partir de março. Em 17 de março, as aulas presenciais foram suspensas e toda comunidade NEI, alunos, professores, orientação, coordenação, direção e secretaria, iniciaram a caminhada remota. Os eventos NEI de Portas Abertas, Formatura do 9º ano e Encerramento da Educação Infantil e Fundamental I aconteceram de forma on-line. Durante o ano foram exibidas LIVES com temas ligados à educação, com convidados renomados da área. Era previsto um retorno presencial, no mês agosto e depois outubro de 2020. Orientados pelos protocolos e cartilha de Prevenção à Covid-19, elaborada pela Fundação Romi, foram realizadas adaptações, seguindo o Plano São Paulo para capacidade, distanciamento e uso de máscara. Mas, por motivos de força maior, o retorno presencial ficou para 2021.

O Centro de Documentação Histórica, o CEDOC, teve o desafio de realizar seu trabalho de maneira “home-office”, alinhando documento histórico com tecnologia, o que já acontece diariamente no departamento. Foi o momento que a equipe técnica realizou trabalho de transcrição de documentos históricos importantes, com mais de 100 anos de história, como as Atas de Reunião da Câmara Municipal de Santa Bárbara d’Oeste e os Livros Tombo da Paroquia Santa Bárbara, material que está disponível como fonte de pesquisa no banco de dados. Foram realizadas “LIVES” ligadas ao União Barbarense, sobre os 99 anos do estádio Antonio Lins Riberio Guimarães, em comemoração aos 106 anos do time, e em celebração aos 64 anos do Romi-Isetta. A parceria longínqua, junto ao jornal Diário de Santa Bárbara, continuou com a publicação da coluna diária “Recordando”.

O espaço plural e multicultural, resultado da revitalização da antiga estação ferroviária, a Estação Cultural teve suas atividades presenciais suspensas , como os já tradicionais projetos Ninho Musical e Capoeira, e o mundo virtual tornou-se o caminho a ser trilhado. No ano que marcou a comemoração dos 10 anos do projeto Ninho Musical, os encontros semanais aconteceram de forma on-line, e em novembro, quando o município estava na Fase Amarela do Plano São Paulo, houve uma apresentação da Orquestra Filarmônica Ninho Musical, com a participação de alunos atuais e alguns convidados que já fizeram parte. As Oficinas Culturais foram adaptadas e se transformaram em videoaulas, que estão disponíveis no canal do Youtube da Fundação Romi , local que estão armazenadas as ações virtuais de todas nossas áreas. “Lives” com temas ligados à cultura e arte compuseram também compuseram as ações da Estação Cultural.

Assim convidamos a todos vocês para que desfrutem deste caderno especial: Nas próximas páginas vocês poderão acompanhar as atividades que executamos durante o ano de 2020, continuando com propósito de unir nossas forças em ações e projetos, sempre visando à população de Santa Bárbara d’Oeste e região. Por acreditarmos que Educação e Cultura são ferramentas transformadoras. Neste Relatório de Sustentabilidade e Balanço Social é possível ver, através das informações e números, nossa contribuição para com a população e a história de Santa Bárbara d'Oeste. Este é o esforço contínuo na preservação do legado de nossos instituidores, Americo Emílio Romi e sua esposa Olímpia Gelli Romi, “não deixem perecer isto que deverá servir a todos”.



Vainer Penatti
Superintendente

Área de
downloads

Para iniciar o download clique sobre o assunto desejado.

Receba nossas novidades

19 3499.1555

Av. João Ometo, 200, Jd. Panambi - Santa Bárbara d'Oeste, SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por