Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Espetáculo “Violas do Brasil” traz para a Estação Cultural a união dos ingredientes musicais do chamado “Cinturão Caipira Brasileiro”




A Estação Cultural da Fundação Romi, espaço plural e multicultural, recebe dia 15 de setembro, sábado, às 10 horas, o projeto “Violas do Brasil” com uma palestra do músico João Ormond, que traz ao público todas as vertentes que a viola caipira possui no eixo central do país, conhecido como “Cinturão Caipira Brasileiro”. A música de forma geral faz parte do cotidiano do brasileiro e a viola está totalmente relacionada ao público caipira. A viola relata a vida desse povo e, em contrapartida, ele se enxerga e se identifica nessa música. “Todos são bem-vindos! Não é necessária inscrição prévia e a entrada é franca”, convida Thiane Mendieta, Gestora Cultural da Estação Cultural.

O chamado “Cinturão Caipira Brasileiro” refere-se aos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Tocantins, e demonstra as características de cada região, com seus ritmos e tocadas peculiares. Essa rota foi introduzida junto aos bandeirantes durante a colonização do território brasileiro, no interior do país em busca do ouro e mão de obra para trabalho. Por isso a viola caipira vem ao longo dos anos sendo moldada pela cultura desse povo, diante do seu dia a dia, de suas ações e manifestações, através das festas religiosas, festas regionais e também no cenário urbano. Nas últimas décadas a viola retomou o contato com o público mais urbano interessando bastante às pessoas das novas gerações. Hoje o ritmo mais caipira, sertanejo, está bem inserido em todas as regiões e referente a isso temos o surgimento de orquestras sinfônicas de viola, com a participação de muitos jovens.

O músico violeiro e compositor João Ormond é matogrossense e tem uma grande história musical ao lado da viola caipira. O objetivo principal da apresentação é divulgar e popularizar os tipos de viola e a música caipira de cada região. Tem a proposta de mostrar ao público diferentes tipos de violas e também a variedade de afinações. Mostrar as raízes desse instrumento e como ele pode se diferenciar em cada região do cinturão caipira brasileiro.

Promovido pela 3S Projetos, o “Violas do Brasil” é uma realização do Governo do Estado de São Paulo e patrocinado pela Raízen, através do Programa de Ação Cultural (ProAC ICMS) da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Nesta edição, o projeto conta com o apoio cultural da Fundação Romi.

“Para nós é um imenso prazer receber este espetáculo e sediar uma palestra de um projeto desse porte. Contribui com a cultura local, além de ser uma ótima oportunidade para os apaixonados por viola aprenderem com o renomado violeiro, João Ormond”, destaca o Superintendente da Fundação Romi, Vainer Penatti. “O público presente conhecerá mais sobre esse importante marco musical caipira, denominado ’cinturão caipira’, e terão uma manhã agradável, sairão com mais informações e conhecimentos sobre a viola”, finaliza.

Serviço – O espetáculo “Violas do Brasil” com o músico João Ormond acontece sábado, 15 de setembro, a partir das 10 horas, no Armazém da Estação Cultural. A entrada é franca. A Estação Cultural da Fundação Romi está localizada na Avenida Tiradentes, 02, no Centro de Santa Bárbara d'Oeste. Mais informações podem ser acessadas através do site www.estacaocultural.org.br ou pelos telefones (19) 3455-4833 e 3455-4830.

Receba nossas novidades

19 3499.1555

Av. João Ometo, 200, Jd. Panambi - Santa Bárbara d'Oeste, SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por