Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Alunos do Núcleo de Educação Integrada conquistam oito premiações na 2ª edição do “Recitar: a palavra em Verso Vivo”




No ultimo dia 09 maio, quarta-feira, a Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura Municipal de Santa Bárbara d’Oeste, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, promoveu a 2ª edição do “Recitar: a palavra em Verso Vivo”, no Teatro Municipal Manoel Lyra em Santa Bárbara d’Oeste.

Orientados pelo Educador do Núcleo de Educação Integrada, Denis G Ferreira Espanhol, na montagem e composição da cena, adaptação dos textos, figurino e coreografia, os alunos do Núcleo de Educação Integrada – Pedro Luciano, Gabriel Medeiros, Nicolas Nascimento, Milena Nascimento, Kevyn Erik, Melissa Oliveira, Stella Maris, Jéssica Usson, Daniel Ricci, Gabriel Ramos, Letícia Estoque, Lorenna Cipriano, Bruna Patrício e Guilherme Arena – que encenaram dois esquetes, “Mudança de Idade” e “Rapsódia Barbarense”, arrebataram oito premiações:
  • Prêmio de melhor cenografia (poema “Rapsódia Barbarense”).
  • Prêmio de melhor figurino (poema “Mudança de Idade”).
  • Prêmio de 3º lugar de poema barbarense (Organizado por Maria Regina Sargiolato).
  • Prêmio de 3º lugar melhor declamação barbarense (Jéssica Usson).
  • Prêmio de 1º lugar melhor declamação consagrado (Pedro Luciano).
  • Prêmio de 3º lugar melhor esquete barbarense.
  • Prêmio de 1º lugar melhor esquete consagrado.

Na categoria Autor Consagrado os alunos do Núcleo de Educação Integrada declamaram o poema “Mudança de Idade” do autor moçambicano Mia Couto. Na categoria o Autor Barbarense os alunos apresentaram o poema “Rapsódia Barbarense”, organizado pela também Educadora do Núcleo de Educação Integrada, Maria Regina Sargiolato, o qual é composto por fragmentos de poemas escritos por ex-alunos do próprio Núcleo de Educação Integrada.

Além dos educadores Denis e Maria Regina, estiveram envolvidos na construção dos esquetes, a Educadora de Língua Portuguesa, Edina Cristina de Souza Ignacio, na linha de frente do processo de pesquisa e desenvolvimento das poesias e audições com os alunos, a Educadora de Expressão Corporal, Marcia Cristina Reis de Araujo, na busca e construção dos elementos cênicos, as Educadoras de Arte, Silvania Gonçalves Dollo e Fernanda Pricila Cia, que se ocuparam com a estética e a plástica do cenário, e o Educador Paulo Bellan no apoio das trilhas sonoras.

“A emoção foi tamanha que, literalmente, nossos olhos transbordaram. Não havia uma pessoa sequer, em todo o Manoel Lyra, que não estivesse marejando. Nossos alunos expuseram, em ambas as produções, emoções profundas à altura das obras escolhidas. Isso tudo é fruto de um intenso trabalho transdisciplinar, provocativo e inovador, que vai além dos preparativos para o 'Recitar'. É parte integrante de nossa escola, das vivências que oportunizamos aos alunos do Núcleo de Educação Integrada”, pontua Ericka Vitta, Diretora do Núcleo de Educação Integrada.

Recitar: a palavra em Verso Vivo

O Concurso de Encenação de Poesias é voltado aos estudantes barbarenses de Escolas Municipais, Estaduais e Particulares, englobando o Ensino Fundamental, Médio e Técnico, além de grupos barbarenses de teatro – que participam em categorias específicas ou como convidados. A proposta, segundo os organizadores, é incentivar a composição de poemas, este ano dedicada às comemoração ao bicentenário de Santa Bárbara d'Oeste, bem como despertar e cultivar o interesse pelas obras poéticas da Língua Portuguesa além de valorizar novos talentos literários barbarenses.

Receba nossas novidades

19 3499.1555

Av. João Ometo, 200, Jd. Panambi - Santa Bárbara d'Oeste, SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por