Sua colaboração vai nos ajudar a fazer o mundo melhor através do desenvolvimento social, cultural e educacional.

Arraste para escolher o valor

Clique e digite outro valor

R$

Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi inicia sua ação extramuros esta semana.




Nas últimas quatro semanas o Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi acionou as escolas da rede pública municipal e instituições privadas de Santa Bárbara d’Oeste, convidando coordenadores e professores a inscreverem suas escolas e turmas no projeto “CEDOC vai à escola” edição 2019. “Há dois anos o CEDOC vem realizado um trabalho educativo fora do espaço físico voltado para a preservação e difusão da história de Santa Bárbara d'Oeste e o resultado desse trabalho extramuros tem sido muito positivo”, afirma a Coordenadora do CEDOC da Fundação Romi, Sandra E. de Souza Barboza.

Com 80 oficinas programadas para atender, aproximadamente, 2.500 alunos, e com pouquíssimas vagas ainda à disposição para agendamento, a nova ação do CEDOC passou por uma extensa pesquisa sobre o assunto em pauta: a evolução das comunicações no município. “Selecionamos exemplares de objetos antigos do acervo, criamos materiais instrucionais e uma oficina para aproximar os alunos, dos 3ºs e 4ºs anos do Ensino Fundamental 1, da história dos meios de comunicação, através de um dos objetos de grande impacto nesta evolução”, conta Sandra.

Haja vista que a evolução dos meios de comunicação compõe a grade da Base Nacional Comum Curricular, a meta do projeto “CEDOC vai à escola” edição 2019 é agregar valor ao conteúdo curricular. “Nossa expectativa é difundir e ampliar o acesso ao acervo do CEDOC, possibilitando que estudantes e professores se apropriem da memória de Santa Bárbara d'Oeste disponibilizada em nosso ambiente e por meio de nossas ações.”, acrescenta Sandra.

A Coordenadora do CEDOC da Fundação Romi conta que a primeira escola a receber a equipe do Centro de Documentação Histórica, nesta terça-feira, dia 16, e quinta-feira, dia 18, é a EMEFEI Profª Antônia Dagmar de A. Rosolen. “Os alunos dos 4ºs anos das professoras Cassia e Marli irão se surpreender com o trabalho que desenvolvemos”, conclui.

Diretores, coordenadores escolares e professores que queiram mais informações acerca da iniciativa podem acessar a página “CEDOC vai à Escola”, no site do CEDOC, através do link www.fundacaoromi.org.br/cedoc. Aqueles que tenham interesse em participar desta oficina, devem realizar o contato com a equipe da CEDOC da Fundação Romi, pelos telefones (19)3499-1555 ou (19)3499-1558 para agendamento. As oficinas são gratuitas e restam poucas vagas. As sessões acontecem sempre as terças e quintas-feiras, exclusivamente para os 3ºs e 4ºs anos do Ensino Fundamental I. O atendimento no CEDOC da Fundação Romi acontece de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 17h.

Receba nossas novidades

19 3455.4830

Av. Tiradentes, 2 - Centro - Santa Bárbara d'Oeste - SP

Que tal uma visita?

© Fundação Romi - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por